Falta de vitamina D? Saiba como manter os níveis da substância na pele sem abrir mão da proteção

Partilhe:
Falta de vitamina D? Saiba como manter os níveis da substância na pele sem abrir mão da proteção

A vitamina D é fundamental para a saúde da pele e do corpo. Produzido pelo próprio corpo, ajuda a fortalecer os ossos e também a prevenir o envelhecimento da pele, pois fortalece a barreira da derme.

A produção de vitaminas é estimulada com a exposição ao sol, e aqueles que vivem em lugares mais frios ou muito urbanos podem até ter deficiência de vitamina D no corpo. Quando isso acontece, o corpo corre o risco de desenvolver alguns problemas como a osteoporose, doenças cardíacas e diabetes, bem como rugas e linhas de expressão no rosto.

Mas como expor-se ao sol para produzir vitamina e, ao mesmo tempo, proteger a pele dos raios UV? Descubra!

O que causa a falta de vitamina D no organismo?

Se a vitamina D é estimulada quando o corpo é exposto ao sol, a deficiência do nutriente pode acontecer em tempos mais frios, como o inverno, ou para aqueles que não costumam tomar banhos de sol regularmente.

Além disso, quando o protetor solar do dia a dia tem um fator de proteção muito elevado, a produção de vitamina D também pode diminuir, porque o produto com uma proteção muito alta impede que a radiação chegue ao corpo.

No entanto, no caso das cidades litorâneas portuguesas, o índice de radiação solar é muito elevado, o que não dispensa o uso do protetor ao estimular a vitamina D no corpo.

Falta de vitamina D? Saiba como manter os níveis da substância na pele sem abrir mão da proteção
Falta de vitamina D? Saiba como manter os níveis da substância na pele sem abrir mão da proteção

Qual é o jeito certo de tomar sol para estimular a produção de vitamina D?

Sabemos que precisamos ativar a vitamina D no corpo através da exposição solar. Mas também sabemos que a exposição excessiva aos raios ultravioleta pode causar uma série de problemas ao corpo, desde queimaduras solares e envelhecimento prematuro ao cancro da pele. Portanto, para manter os níveis de vitamina D equilibrados, é necessário dosear exposição, sem esquecer o protetor solar específico para cada tipo de pele.

  • Expor-se por um curto período de tempo é suficiente. Para aqueles que têm pele clara, que queima facilmente, 5 minutos por dia é suficiente. Aqueles que têm pele preta ou morena podem reservar cerca de 20 minutos.
  • Como o corpo requer uma quantidade muito pequena de radiação, cerca de três vezes por semana é suficiente.
  • Não há nenhuma parte do corpo que absorva melhor a vitamina D. A dica é deixar apenas braços e pernas expostos durante o tempo necessário, enquanto no rosto é importante aplicar protetor solar facial.
  • É essencial que a exposição ao sol seja feita apenas antes das 10h e depois das 15h, porque estes são momentos em que a incidência da radiação solar é mais fraca.

Alimentação também ajuda a manter os níveis de vitamina D no organismo

Outra forma de manter o nível de vitamina D equilibrado é através dos alimentos. Um dos principais alimentos é o leite, que juntamente com os seus derivados, como o queijo e a manteiga, melhoram a concentração do nutriente no organismo. Peixes como salmão, sardinha e atum enlatado também são boas opções, bem como o transporte de ómega 3. O ovo também ajuda a concentrar a vitamina D no corpo, especialmente a parte da gema, bem como o fígado do boi e da galinha, que são ricos em nutrientes benéficos para os ossos.

Na Pharma Scalabis pode encontrar vários produtos para ajudar a manter a vitamina D em níveis saudáveis. Não se esqueça de conferir as nossas ofertas e siga o nosso blog e as nossas redes sociais para ficar a cargo das novidades! Se gostou deste conteúdo, também partilhe com quem possa estar interessado!

Partilhe:

Blog

Epinefrina: A Caneta que Pode Salvar Vidas

Saúde Geral 18 de Junho de 2024

A epinefrina, mais conhecida como adrenalina, é uma substância essencial no tratamento de reações alérgicas graves, como a anafilaxia. Neste artigo, vamos explorar o que é a epinefrina, como funciona, e a importância das canetas de epinefrina no tratamento de emergências alérgicas. O que é a Epinefrina? A epinefrina é uma hormona e neurotransmissor produzido […]

Ler Mais